Desvendando as chaves da Proatividade

Pesquisamos o tema da proatividade há quase uma década. Nesse tempo, aprendemos algumas questões fundamentais sobre as empresas proativas, aliás, título de nosso primeiro livro.

Empresas atentas às mudanças de mercado evitam “Acidentes de percurso”

Este é…Em recente conversa com um amigo, consultor de empresas, falamos de uma inovadora e bem sucedida campanha publicitária, criada em 2012 pela agência MCann, para reduzir acidentes nos trens na cidade australiana de Melbourne.

Crônica de uma morte anunciada: E o Orkut chega ao fim

O QUE SE ESPERAVA HÁ TEMPOS ACONTECEU.  O Google anunciou oficialmente o fim do Orkut. E a morte já tem data: 30 de setembro de 2014. Criado em janeiro de 2004, o Orkut reinou absoluto no mundo das redes sociais por quase uma década. No auge, chegou a ter 40 milhões de usuários. Era a comunidade com primazia total no mundo web. Hoje, perdeu totalmente sua relevância. A pergunta que não quer calar: por que o Orkut ficou para trás?

Conselhos de administração Proativos: Cuidando do futuro da empresa

O Conselho de Administração (CAD) deve zelar pelo futuro da empresa, atuando para garantir, no presente, a perenidade do negócio. Esse é um dos papeis essenciais do CAD, na condição de ator protagonista na governança corporativa. Trata-se de uma prerrogativa absolutamente estratégica e que aqui cabe ser enfatizada com essa questão: no exercício de suas funções de monitorar, decidir e aconselhar a gestão da empresa o quanto o CAD contempla o futuro em sua agenda estratégica? E como o CAD pode desempenhar um papel proativo nesse contexto?

O presidente que embraveceu os executivos de Wall Street (e o que isso tem a ver com a Proatividade de Mercado)

Uma notícia recente e que passou um tanto despercebida da mídia merece nossa reflexão. Mais precisamente, a nota diz respeito a uma capacidade que já analisamos aqui várias vezes: a capacidade de gerenciar a pressão do curto prazo. Uma questão sempre viva e, como sabemos, difícil de ser tratada.

A Reatividade tardia nas obras da Copa: Lições para desaprender

Reagir ao ambiente externo é uma condição necessária para qualquer empresa, sobretudo em cenários de turbulência competitiva. É quando a reatividade de mercado entra em jogo como condição vital para que a empresa vença o desafio de adaptar-se rapidamente ao turbilhão das mudanças. Nesse contexto, o nome do jogo é velocidade com flexibilidade. Vencerá o player capaz de combinar melhor essas duas condições, usando táticas engenhosas de resposta e ajuste. Resumindo: em nossas pesquisas e consultorias no campo da proatividade de mercado, continuamos defendendo a reatividade inteligente como arma de defesa eficaz.

Soluções para sua empresa